Notícia

Obras de adequação do Cine Teatro para atender a normas

Mudanças são para que o teatro seja dotado de toda a estrutura exigida pelas novas legislações de segurança e acessibilidade

Publicado em 13/02/2020 Cecília Vogmann - estagiária/ Jaime Kaster SMCT - 08:53

Mudanças são para que o teatro seja dotado de toda a estrutura exigida pelas novas legislações de segurança e acessibilidade

A adequação do espaço do Cine Teatro Padre José Zanelli é outra obra que está sendo executada pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, para que o espaço seja dotado de toda a estrutura exigida pelas novas legislações.

É um processo que se iniciou em 2016, prosseguiu em 2017, com a aprovação do projeto de combate ao incêndio, que são adequações necessárias para a adequação deste equipamento público como um todo, seguindo as normas do Corpo de Bombeiros.

"Quando assumimos a Secretaria de Cultura, em 2017, observamos também algumas necessidades de adequação em relação à acessibilidade, ações que temos que atender da NBR 90-50, que trata de pessoas com deficiência: como rampas, corrimões com duas alturas, parapeitos adequados, plataforma elevatória no palco, sinalização para pessoas com baixa visão, banheiros adaptados, uma série de medidas que precisamos fazer no edifício, para que possa ter acessibilidade plena ou no mínimo razoável", comentou o secretário municipal Agnaldo Adélio.

Com base nas duas demandas, foi aberta uma licitação específica, incluindo algumas adequações do edifício, como pintura e lixamento do palco, que são obras de manutenção, "e aliamos a este objetivo de atendermos às duas demandas necessárias: atender à legislação dos bombeiros e também a de acessibilidade ao teatro", informou.

Agnaldo explica que o Cine Teatro é uma construção já de 30 anos, inaugurado em 1998, que carece de manutenção constante e adequação. "Não é que a estrutura ou a parte de combate ao incêndio estejam erradas. Elas estão desatualizadas. Por exemplo: não temos detector de fumaça. Na época isso não se exigia nas edificações, mas tem hidrante compatível com o edifício que naquela época já se exigia; então tudo vai ser alinhado, trabalhado, construído, edificado e ficará para a posteridade", comentou o secretário de Cultura do Município.