Praça Pio XII

Praça Pio XII- Avenida Paraná, esquina com Rua 19 de Dezembro - fone 3178-0215/ 3178-0216

A Praça Pio XII surgiu como projeto em 1944, ainda sem nome. Sua construção ocorreu na gestão de Ronat Walter Sodré (1951-1955), diante da necessidade que viram de haver um jardim em frente à majestosa Igreja Matriz para que as pessoas pudessem descansar, passear ou simplesmente desfrutar da paisagem. Em meio às árvores, havia um coreto, “que serviu de palco para pregoeiros, bandas de música e artistas que divertiam o povo daquele tempo”, além de leilões.

Com o tempo, o coreto foi retirado da praça e no seu centro foi erguido um obelisco. Bancos de concreto, doados por agricultores, comerciantes e industriais, foram colocados nas passarelas desenhadas entre as árvores e jardins. Ao redor da praça, uma mureta e uma larga calçada cercavam os jardins, além de postes de iluminação elétrica e um parquinho infantil foram instalados.

Dentro de um projeto de revitalização da Praça, foram produzidas para compor o local, em 1989, esculturas dos artistas Henrique de Aragão e Letícia Faria. Elas deram início ao "Museu de Esculturas ao Ar Livre" de Ibiporã, um corredor de obras públicas - a maior parte delas de Aragão -espalhadas pelas praças e espaços públicos da cidade.

Até hoje, a Praça Pio XII é palco de grandes eventos anuais, como shows, eventos recreativos para crianças, a Festa Junina Municipal e o Natal na Praça, mas se mantém também como espaço de conversas agradáveis e de boa convivência entre seus habitantes.